Está pensando em abrir um negócio, mas está sem capital para alugar um bom prédio com boa localização? As salas de Coworking podem ser a solução para os seus problemas.

Quando pensamos em abrir uma empresa nova, diversas preocupações surgem, como o valor que será investido e o local onde a empresa estará localizada. Quando se trata de atendimento ao cliente, são necessárias uma boa instalação e uma boa localização.

Sabemos que, para alugar um imóvel com boa infraestrutura é necessário um bom investimento, além disso, as questões burocráticas rendem muita dor de cabeça ao locatário. Mas não é só isso que preocupa, o rendimento mensal do home office deve ser suficiente para manter o aluguel em dia.

Por esses motivos, o Coworking foi criado, além de outras vantagens que as salas compartilhadas oferecem. Acompanhe o artigo até o final, para saber mais detalhes sobre o que é, e como funciona.

O que são Salas de Coworking?

As salas de Coworking ou escritórios compartilhados são espaços divididos por diversas empresas, ou freelancers. As pessoas envolvidas, além de compartilhar o mesmo ambiente de trabalho, compartilham ideias, e as despesas gerais que o prédio demanda.

Não é necessário que as pessoas envolvidas tratem sobre o mesmo assunto, por exemplo, você pode dividir uma sala com um advogado que está iniciando sua carreira, ou então, com um freelancer que produz conteúdos para a internet.

Os escritórios compartilhados podem ser divididos de acordo com o que o prédio suporta, desde que uma atividade não atrapalhe o profissional que está ao lado.  

Salas de Coworking, entenda como funcionam

Como explicado no tópico acima, uma Sala de Coworking pode ser dividida entre diversos profissionais. Você pode utilizá-la para trabalhar diariamente, ou então alugar o local para realizar reuniões e eventos relacionados ao seu ramo de trabalho.

A vantagem desse modelo é que, várias empresas ou freelancers dividem a rede de internet, a recepção, a estrutura física do local, além de que em determinados ramos, é possível dividir outros serviços.

É importante se atentar aos planos que cada sala de Coworking oferece, ou seja, você pode procurar um ambiente de acordo com a sua necessidade, alugando o espaço mensalmente ou então realizando o pagamento por hora utilizada.

Mas, para que tudo isso funcione com excelência e traga os benefícios esperados, é preciso que todos os participantes sigam as regras de boa convivência, não atrapalhando o desenvolvimento do trabalho da pessoa vizinha.

Saiba como as Sala de Coworking surgiram

O termo Coworking surgiu no ano de 1999, foi criado pelo designer de games Bernie de Koven. No início o seu foco, era expandir o seu ambiente de trabalho de forma online.

Já no ano de 2005, Brad Neuberg e mais dois empreendedores dos Estados Unidos se uniram para fundar a Hat Factory, onde se deu o início dos escritórios compartilhados. O foco da Hat Factory era dividir o local onde os trabalhos eram desenvolvidos com outros profissionais.

E por ser algo que traz muito vantagem para novos empreendedores, a ideia logo se espalhou para todo o mundo. A estimativa é que as Salas de Coworking, contabilizam cerca de 3% do total de escritórios espalhados pelo mundo. Mas, com a necessidade atual, estipula-se que até o ano de 2030 esse número alcance os 30%.

No Brasil, esse modelo de trabalho demorou um pouco mais para chegar, o primeiro escritório compartilhado, surgiu no ano de 2007 em São Paulo. E desde então, o número não para de crescer.

Veja o gráfico disponibilizado pelo Censo 2018 do Coworking Brasil, onde o crescimento dessa atividade é demonstrado:

E então? Gostou da ideia? Era isso que faltava para iniciar o seu negócio? Então não perca mais tempo e comece a procurarcoworking em Brasília e um plano ideal para iniciar o seu negócio. 

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *